O Marketing de Casamento e o Dia do Trabalho


Se você só trabalha com Casamentos é bem possível que hoje em pleno feriado nacional você esteja trabalhando. Mas se não está, muitos amigos e parentes estarão hoje de bobeira graças ao feriado do Dia Internacional do Trabalho.

Mas você sabe como ele começou? E o que isso têm haver com seu negócio no Mercado de Casamentos?

Bom se você acha que a atual jornada de trabalho é injusta, saiba que já foi muito pior. Em 1886 essa jornada era de 13 a 15 horas diárias. Foi nesse ano, que na cidade de Chicago (EUA), milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de treze para oito horas diárias.

Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores. Esses protestos se estenderam por mais 3 dias de conflitos entre empresas e trabalhadores, quando em 4 de maio de doze trabalhadores foram mortos e dezenas ficaram feridos.

Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida em Paris no dia 20 de junho de 1889, marcou como 1º de maio o Dia Internacional do Trabalho.

Essa data mostra que não há conquistas sem luta. Não há vitória sem sacrifício. Não há sucesso com comodidade. É preciso acreditar, lutar pelo que se acredita. Estar disposto a se sacrificar para que os resultados apareçam.

O mais importante não é o feriado, mas as conquistas alcançadas para todos os trabalhadores.

Quer resultado para o seu negócio. Têm que lutar. Têm que se sacrificar. Têm que sair da zona de conforto.

Quem planta colhe. Mas você só planta o que colhe. Ou já viu alguém plantar milho e colher morango?

#MarketingdeCasamento #casamentoMarketing #profissionaisdecasamento #profissionaisdecasamento #RodrigoOliveira #FornecedoresdeCasamento #rodrigooliveira #Marketing #marketingdecasamento #casamentos #weddinglove #Sucesso

5 visualizações