Casar pra quê? Por Monique Abrantes (Colunista Convidado)


Casar pra quê? Essa é a pergunta que 99,9% dos noivos fazem hoje em dia. Atualmente temos os noivos mais bem informados da história. A maioria deles trabalha, são independentes financeiramente, tiveram mais de um relacionamento amoroso e ainda assim no século XXI procuram o compromisso, a experiência de união e o companheirismo. O capitalismo fez emergir o conceito de indivíduo e o casamento, por obrigação, deixou de existir. O amor deixou de ser uma prisão e se tornou uma opção. A geração de noivos do século XXI quer CASAR. E querem casa, e querem festa, e querem personalização, e querem ser bem atendidos, e querem inovação, e querem lembrancinhas e querem bebida, comida, música, foto... querem muito! Tudo! Não é a toa que o mercado de casamentos está explodindo!

No ano passado, segundo o IBGE, um milhão de uniões foram realizadas no Brasil. De acordo com a Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais (Abrafesta), o segmento movimentou, em 2014, cerca de R$ 15 bilhões e envolveu centenas de prestadores de serviço: do aluguel de carros, casas de festas e roupas à contratação de artistas, serviços de buffets, decoração, bolos, som, iluminação...

E como diferenciar sua empresa em um mercado tão eclético? Os gestores das prestações de serviço ou produtos precisam definir um posicionamento para o seu negócio, com missão e valores claros tanto para os seus clientes como para seus funcionários. Não procure “abraçar o mundo com as pernas” ou “agradar a gregos e troianos”, isto só vai levar à fragilização do seu negócio, diminuindo a sua credibilidade. Sua marca não vai ter identidade, vai ter a cara de X, Y, Z, menos a que você gostaria de ter. Escute o seu cliente, procure atender às suas solicitações mas sinalize que seu negócio não pode mudar por ele! Existem outros fornecedores que ele pode procurar!

Crie uma marca emocional, que tenha alma e personalidade, que seja conhecida e admirada. Você vende uma experiência, uma sensação que deve ser irretocável. Fique de olho nas tendências, oxigene seu negócio com inovações, escute com atenção as críticas de seus clientes. Acredite que eles podem te ajudar. A excelência é uma estrada a ser percorrida e não um destino. Não se preocupe com o que os outros fornecedores ou concorrentes do mercado estão fazendo ou o preço que estão cobrando. A realização de um sonho não tem preço, nem tabela nem script. Case com a idéia de que o seu negócio é diferente. Case com a idéia de que o seu negócio compartilha felicidade. Faça o seu melhor e, parafraseando a nossa querida Manoela Cesar, do Blog Colher de Chá Noivas, “Seja moderninho! Trabalhe por amor!”.

Monique Abrantes

#DAGastronomia #MarketingdeCasamento #profissionaisdecasamento #marketingdecasamento #WorkshopMarketingdecasamento #RodrigoOliveira #ColherdeCháNoivas #WorkshopCasamento #rodrigooliveira #casamentos #Sucesso #FornecedoresdeCasamento #profissionaisdecasamento #Marketing #negócios #casamentoMarketing #ManoelaCesar #RobertoCohen #OfertaIrresistível

10 visualizações