Deus vomitará os mornos


"Conheço tuas obras: não és frio nem quente. Oxalá, fosses frio ou quente! Mas porque és morno, nem frio e nem quente, estou para vomitar-te de minha boca."

Livro do Apocalipse 3. 15 e 16 (Bíblia Revista e Atualizada).

Eu não sei qual sua religião. Nem se você tem uma. Mas minha intenção não é falar sobre religião ou crença. Nem escrever para que você acredite ou não na Bíblia.

Mas conhecendo um pouco a Bíblia, minha intenção é chamar sua atenção para algo que pode estar matando o seu negócio e quem sabe a sua vida.

Nesse texto escrito por João, após uma visão, na ilha de Patmos nos deixa um alerta. Deus vomitará os mornos. Esse trecho faz parte da carta de Jesus a Igreja de Laodicéia. Uma igreja que estava acomodada, já se achava rica a abastada. Também faz referência as águas termais de Hierápolis, que ajudavam no tratamento de alguns problemas de saúde e as águas frias de Colossos eram boas para beber. Mas as águas mornas de Laodicéia basicamente não serviam para nada; só davam ânsia de vômito!​

Esse texto é uma alfinetada na nossa consciência e no pensamento que foi criado no séc. IV D.C. pelos romanos, baseados no mito Hélios (Sol) e seu filho Faêton de que o meio termo, o caminho do meio é sempre o melhor pois assim você não será castigado.

Quem fica no meio, fica pelo meio do caminho. Podemos entender o meio, como nossa zona de conforto. Aquele lugar que você não que sair, porque se sair, vai ter trabalho. O meio pode ser aquele ponto que você chegou e não quer mais ir além, porque ir além, dá trabalho, incomoda, mexe com coisas já estabelecidas e fáceis de controlar.

Deus vomitará os mornos. Essa frase que resume o texto, me foi dita, pelo filósofo e teólogo Mario Sérgio Cortella. Tivemos 3 encontros nos últimos 8 anos. Ouvi-lo é sempre muito bom. Hoje me contento em ouvi-lo pela internet. Cortella costuma dizer que para sairmos da nossa zona de conforto, temos que ser radicais. "Radical é aquele que se forma nas raízes - como lembra a origem etimológica, isto é, que não tem convicções ou atitudes superficiais, mas é alguém, que procura solidez e tem firmeza nas atitudes e decisões tomadas."

Ser radical é não ser medíocre, ou seja, é não estar na média. É não ser morno.

Ser radical é ser capaz de romper com seus próprios medos e confortos e olhar para outras possibilidades acreditando que elas vão se realizar.

Não é preciso ir até os extremos. É preciso ter limites. Mas será que nossos limites estão meio-termo??

Ser radical é uma virtude. O problema está na superficialidade e na falta de compromisso com você e com seu futuro.

#MarketingdeCasamento #casamentoMarketing #WorkshopMarketingdecasamento #marketingdecasamento #profissionaisdecasamento #FornecedoresdeCasamento #RodrigoOliveira #rodrigooliveira #casamentos #WorkshopCasamento #Dicasparaofacebook #FormaçãodePreço #ManoelaCesar #profissionaisdecasamento #Marketing #Sucesso #RobertoCohen

2,635 visualizações