Onde encontramos a felicidade? A fábula do casamento indiano


Há uma fábula indiana sobre um filho primogênito que abandonou o seu lar porque os pais estavam prestes a casá-lo com uma jovem, sem que tivessem perguntado sua opinião.

O rapaz só a vira uma vez, e ela lhe parecia feia. Ele também não era muito bonito, mas... Um dia, decidiu fugir.

Um ano depois, chegou a uma terra distante, em que as mulheres era especialmente belas; ele lhes parecia atraente porque era exótico. Tantas mulheres e nenhuma lhe parecia perfeita. Procurou, procurou e nada.

Viajou então para outros lugares em busca da mulher perfeita, mas ele era tão exigente que nenhuma lhe parecia a mulher dos seus sonhos.

Os anos se passaram, ele envelheceu sem ter conhecido a mulher dos seus sonhos. Cansado de vagar pelo mundo, retornou a sua cidade natal. Ninguém o reconheceu. Então viu uma mulher lendo à sombra de uma árvore, conversou com ele e se sentiu reconfortado com a conversa. Olhou-a nos olhos e percebeu que teria desejado compartilhar ma vida com ela.

De repente, reconheceu naquele rosto a mulher que ele desprezara anos atrás e arrependeu-se.

Esta fábula mostra que às vezes desprezamos o que temos à mão e justamente porque está tão perto que não somos capazes de vê-lo. Perseguimos uma felicidade inalcançável desejando algo que nem sabemos se existe.

A felicidade não está na perfeição, mas nas pequenas coisas e na imperfeição do nosso dia a dia.

#MarketingdeCasamento #casamentoMarketing #marketingdecasamento #WorkshopMarketingdecasamento #Marketing #RodrigoOliveira #rodrigooliveira #profissionaisdecasamento #profissionaisdecasamento #WorkshopCasamento #FornecedoresdeCasamento #casamentos

400 visualizações